quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

4ª Dimensão. Agora vou enlouquecer!


Até Einstein me acharia louco


Há algum tempo meu professor de física(física mesmo, não Ed. Física) começou a falar sobre as dimensões.
Se vocês não conhecem são as seguintes:

1ª dimensão - Uma linha no espaço, ou simplesmente uma linha;
2ª dimensao - Quando há largura e comprimento, no caso um quadrado;
3ª dimensão - Quando na figura se encontra largura, comprimento e altura.

E a 4ª? Nessa mesma explicação meu prof. disse que um ser que vive na 4ª dimensão pode ver todos as coisas nas dimensões inferiores. Só que o inverso é impossível, ou seja, você só poderá ver os seres da sua propria dimensão e a das inferiores, nunca uma dimensão superior.

Achei bem interessante essa teoria. Navegando depois pela Net encontro uma "explicação" sobre a 4ª dimensão:

A quarta dimensão representa o tempo e foi anunciada por Albert Einstein no início do século.

O que é a quarta dimensão?
As três primeiras dimensões comprimento, largura e altura representam o espaço. A quarta representa o tempo. Se estabelecermos um sistema de referência como o da figura , com três eixos perpendiculares entre si, qualquer ponto do espaço pode ser definido por três números, que representam as coordenadas do ponto em relação aos eixos. Tudo o que acontece, porém, acontece no tempo. Portanto, para descrever um acontecimento, é preciso mais um número, que represente uma medida de tempo, isto é, uma coordenada temporal. A novidade anunciada no início do século por Einstein, é que espaço e tempo, ao contrário do que se pensava, são grandezas intimamente relacionadas. Para escrever as equações de sua Teoria da Relatividade, ele utilizou então sistemas de referência de quatro dimensões (de impossível representação gráfica) e passou a tratar o espaço e o tempo como uma entidade única, o espaço-tempo.



Com essa outra explicação as idéias mudaram de rumo pra mim...
_________________

Mas só vou continuar em outro post --->aqui<--- ainda tá sem link, vou escrever só ano que vem, espera aí.

3 comentários:

  1. fabiopandolfi@oi.com.br11 de março de 2010 12:44

    Se fossemos criaturas da 2ª dimensão, como perceberíamos algo da 3ª dimensão?
    Por exemplo, um cone que traspassasse nossa dimensão seria percebido a principio, ao primeiro contáto, como um ponto e, a medida que o cone penetrasse, perceberiamos um arco aumentando de tamanho até que, ao ultrapassar totalmente, desapareciria. Que mistério seria essa aparição para nós, não é verdade? O mesmo nos acontesse, como seres tridimensionais, ao percebermos uma manifestação da 4ª dimensão. È como a "caverna de Platão" vemos as sombras e não podemos imaginar as imagens verdadeiras, que causam as sombras e, assim, queremos alterar suas manifestações, brigando com as sombras ou manifestações sem tocar as causas verdadeiras.

    ResponderExcluir

Vamos! Deixe seu comentário.